Discentes:       Filipa Santos

                        Graciela Marques

                        Mónica Moreira

 

 

Área de Gramática: Morfologia

Ficha Técnica de Português: 3º. Ciclo do Ensino Básico/ Formação de Palavras – Processos irregulares: Estrangeirismos, Empréstimos e Neologismos

Tipo de trabalho: individual

Material a utilizar: Dicionário Bilingue (de inglês e de francês), Dicionário de Estrangeirismos, Dicionário Etimológico  e o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea.

Bibliografia: AA.VV. (2001), Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea Vols. I-II, Lisboa, Verbo; Andrade, Ana Rebello de e Lopes, António Lavouras (1998), “Primeira fase da Instalação do Estrangeirismo”, Actas do XIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (1997), vol.1, Lisboa, p.77-89; Caetano, Céu (1996), “Formação de Palavras em Português, os sufixóides e a vulgarização dos formantes eruditos”, Actas do XI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (1995), vol. III, Lisboa, p.517-528; Carvalho, Nelly (1987) O  que é Neologismo, São Paulo, Editora Brasiliense; Correia, Margarita (1998), “Neologia e Terminologia”, in Mateus, Maria Helena, e Correia, Margarita (orgs.), Terminologia: Questões Teóricas, Métodos, Projectos, Lisboa, Publicações Europa-América; Duarte, Inês (2000), Língua Portuguesa – Instrumentos de Análise, Lisboa, Universidade Aberta, Machado, José Pedro (1956), Dicionário Etimológico de Língua Portuguesa, 1ª ed., Editorial Confluência Limitada; Machado, José Pedro (1994), Estrangeirismos na Língua Portuguesa, Lisboa, Editorial Notícias; Nascentes, Antenor (1952), Dicionário Etimológico de Língua Portuguesa, Rio de Janeiro, Instituto Nacional do Livro, Prista, Luís (1992), “OFF-SIDE”, in Delgado-Martins, M. R. , D. R. Pereira, A. I. Mata, M. A. Costa, L. Prista & I. Duarte, Para a Didáctica do Português. Seis Estudos de Linguística, Lisboa, Edições Colibri.

 

 

Exercícios

 

1. Lê com atenção o seguinte texto:

 

            No subúrbio de Lisboa houve um encontro nacional de vários desportos, entre os quais se destacaram: o andebol, o basebol, o basquetebol, o futebol, hóquei e o  voleibol. Os jogadores destas modalidades fizeram um teste  antidoping. Para além disso, estes jogos foram transmitidos pelo canal Eurofutebol. O jogo de basquetebol decorreu ao som do hip hop, os jogadores de futebol eram verdadeiros fintabolistas profissionais e  o  jogo de hóquei provocou  vários hematombos e traupartidos. No fim deste encontro todos os jogadores transpiexpiravam e para repor as energias foram ao shopping da zona comer um hotdog. À noite, a organização do encontro ofereceu bilhetes aos jogadores para uma rave party, que iria passar house music.

 

       1.1. Preenche a tabela retirando do texto as palavras:

 

a)      que te parecem importadas de outra língua, não sofrendo alterações (estrangeirismo);

b)      que sofreram, na língua portuguesa, um processo de adaptação a nível da grafia ou da pronúncia (empréstimo);

c)       que consideras novas ou adaptadas de palavras já existentes (neologismo).

 

Estrangeirismos

Empréstimos

Neologismos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2.       Repara no seguinte exemplo:

 

O meu hobby preferido é fazer natação.

O meu passatempo preferido é fazer natação.

    

2.1.  Como pudeste verificar o estrangeirismo foi substituído por uma palavra portuguesa. Tendo em conta este exemplo, reescreve as seguintes frases:

 

a)      Tens que utilizar uma password para aceder ao programa.

____________________________________

 

b)      O staff da minha empresa é muito competente.

_____________________________________

 

c)       Hoje, a Luísa foi a um casting.

_____________________________________

 

d)      Este produto tem um bom slogan.

_____________________________________

 

        3. Completa as seguintes frases com as palavras que te são dadas:

 

      Paparazzi; performance; bluff; skinhead, stock; check up; check in

 

       a) O António fez ____________ no jogo de cartas.

 

 b) Amanhã vou fazer um ____________  de rotina  para ficar mais descansada.

 

 c) No jornal  informaram que dois jovens foram incomodados por  um indivíduo que pertencia a um grupo______________ .

 

 d) Tenho que chegar ao aeroporto duas horas mais cedo para fazer o ____________.

 

 e) A loja de discos tem pouco  _________ .

 

f) Adorei a ____________ do actor principal da peça de teatro.

 

g) Os actores de Hollywood normalmente são perseguidos pelos ________________.

 

3.       Observa os estrangeirismos:

 

 

blazer

bungy - jumping

reggy

scanner

self-service

hardware

 

 

fast-food

hip hop

kickboxing

lingerie

step

tailleur

 

jazz

software

barbecue

top

bowling

trance

 

password

chantilly

babygro

techno

karting

sites

 

croissant

internet

tango

snooker

pullover

bacon

 

3.1. Agrupa-os por temas na seguinte tabela (atenção: há cinco temas):

 

 

Vestuário

 

Desporto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4.       Há consoantes e grupos consonânticos que não são admissíveis na língua portuguesa.

Exemplos:  appartement   > apartamento

                   football  >  futebol

                  discothèque > discoteca

                 folklore > folclore

                  basketball > basquetebol

                

Como pudeste verificar, a consoante <k> é grafada em português por <qu> e <c>;  ao passo que os grupos consonânticos <pp>, <ll>,<th> são simplificados respectivamente em  <p>, <l> e <t>. É de referir ainda que a consoante <-t> em final de palavra não é possível em português, por conseguinte, é-lhe acrescentada uma vogal.

 

4.1. Recorrendo a um dicionário bilingue (de inglês e de francês) refere quais os processos de adaptação ao português que as seguintes palavras sofreram:

 

Baseball ; handball; cake; restaurant ; accordéon; artisanat ; maquillage ; bracelet ; voleyball ; enveloppe ; test.

 

Exemplo:  maquillage – apesar desta palavra ser masculina em francês, é feminina em português – maquiagem/maquilhagem – uma vez que, em português, as palavras terminadas em –agem são femininas; o grupo consonântico <ll> sofre ou uma síncope (supressão de sílaba no meio de uma palavra) – maquiagem – ou uma adaptação ortográfica – maquilhagem.

 

5.       É notória a ambiguidade de alguns vocábulos, a título exemplificativo:

 

            court : a) o campo de jogo de ténis

                        b) o tribunal

 

            éclair: a) relâmpago

                        b) fecho de correr ( por causa da rapidez com que funciona)

                        c) tipo de bolo recheado com creme

 

            flat: a) andar

                   b) palma da mão

c) no surf: falta de ondulação

 

 

 

 

            5.1.  Mediante a lista de vocábulos, recorre a um Dicionário Bilingue ou a um Dicionário de Estrangeirismos para descobrir os diferentes sentidos de cada um: 

 

                 a) hardware                       f) top

                 b) kiwi                              g) flat

                 c) puzzle                           h) penalty

                 d) gay                                i) swing

                 e) tailleur

          

            5.2. Constrói frases de acordo com os vários significados obtidos na consulta dos dicionários. 

 

 

           6. Lê atentamente o excerto de um texto de Mia Couto[1] acerca das “brincriações” que se pode fazer com a língua portuguesa.

 

“ Estamos, sim, amando o indomesticável, aderindo ao invisível, procurando os outros tempos deste tempo. Precisamos, sim, de senso incomum. Pois, das leis da língua, alguém sabe as certezas delas? Ponho as minhas irreticências. Veja-se num sumário exemplo, perguntas que se podem colocar à língua: (…) O pequeno viaduto é um abreviaduto? (...) Quem vive numa encruzilhada é um encruzilhéu? (…)  Tristeza do boi vem dele não se lembrar que bicho foi na última reencarnação. Pois se ele, em anterior, beneficiou de chifre o que está ocorrendo não é uma reencornação? (…) Não tendo sucedido em Maio mas em Março o que ele teve um desmaio ou um desmarço? (…) Adulto pratica adultério. E um menor: será que pratica minoritério? (…) Um gordo, tipo barril, é um barrilgudo? (…) “. 

                                   

       6.1. Identifica os neologismos presentes no texto e descobre as palavras que inicialmente permitiram criá-los.

    

 

 

 

 

      7. A partir da lista dada, retira do quadro o primeiro constituinte de cada palavra:

 

exemplo: Petri (i)móveis

 

 

microsistema    atarantonta        varadeante

multiópticas     chilreinações      circunsperto           

telemedia          eurofutebol        ultraterra

ecovisão            petrimóveis       subexistente

 

       7.1. A partir dos constituintes identificados forma novas palavras.

 

 Exemplo: petrimania

                 petrifobia

                 petrilógico

                 petrivisão



[1] Texto de Mia Couto retirado do site www.ciberduvidas.com/antologia/miacouto.html.