Osório Mateus
[José Alberto Osório de Almeida Mateus]
(Viseu 1940 - Lisboa 1996)

Professor da FLUL de 1970 a 1996, licenciou-se em Filologia Românica pela FLUC (1964) e doutorou-se em Literatura Portuguesa pela FLUL (1987) com a dissertação Cinco autos de Vicente - práticas de reconhecimento.
Desde cedo manifestou interesse em aliar a prática do teatro com a carreira académica. Encenou a primeira representação absoluta de O Meu Caso, de José Régio, em 1963, no Liceu de Viseu e, em 1967, o Auto do Fidalgo Aprendiz. Mais tarde, entusiasmado com as novas condições de trabalho que a revolução trouxera, foi professor do Conservatório Nacional (1974-1979) na Escola Superior de Teatro e de Cinema. Esse interesse culminou com a sucessiva introdução na FLUL de unidades de estudo do teatro: em 1980 criou a cadeira de História do Teatro; em 1991 instituiu o Curso de Especialização em Estudos de Teatro; em 1994 fundou o Centro de Estudos de Teatro da FLUL.

 
 
......

Produziu textos teóricos sobre a prática e estudo do teatro (Escrita de Teatro, Lisboa, Bertrand, 1977; «Teatro e Literatura», Vértice 21, 1989) e de investigação da história do teatro (Bibliografia do Teatro em Portugal até 1500, Lisboa, Cosmos 1991). Foi crítico de teatro nas principais revistas e jornais e colaborador assíduo da Colóquio/Letras com grande número de artigos e recensões publicados. Iniciou uma colecção de textos de teatro para a editora Estampa, para a qual traduziu várias obras.
O seu método de trabalho, revisão exaustiva dos textos por autor e leitores, é particularmente perceptível na organização e direcção da Colecção Vicente, (Lisboa, Quimera 1988-93), publicação que, em palavras suas, realiza um programa de análise monográfica da produção artística do autor dos autos, e na elaboração dos Cadernos de História do Teatro (1991-1996), destinados a serem material para trabalho com os seus alunos de História do Teatro, Cultura Portuguesa e Ciências do Espectáculo.
A par da actividade docente e de investigação, trabalhou no teatro, devendo salientar-se a organização dos grupos de teatro Os Cómicos (1974) e Produções Teatrais (1978). Encenou, entre outros, os espectáculos O Treino do Campeão antes da Corrida (1977), A Guarda (1977), O Fatalista de Diderot (1978), Tragédia Infantil (1979), Irivir (1982), Garrettismos (1984), Peça para dois Actores (1987).

......
 
JC